Bolsista publica artigo em revista internacional

Bolsista publica artigo em revista internacional

Após realizar a pesquisa de pós-doutorado com bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, em Portugal, Almira Alves, teve um artigo resultante de seus estudos publicado na Revista Lusófona de Educação. “A publicação internacional em uma revista com Qualis A1 significa o reconhecimento da qualidade do artigo por meus pares. Reconhecimento este que se transforma numa maior divulgação do conteúdo produzido entre os pesquisadores da área, do meu ambiente de trabalho e da instituição de ensino superior (IES) da qual faço parte”, orgulha-se Almira.

O artigo “Educação em saúde: um mapeamento dos estudos produzidos no Brasil e em Portugal (2000-2013)” foi resultado da pesquisa com o mesmo título realizada no pós-doutorado, no período de março de 2014 a fevereiro de 2015. Em sua pesquisa, Almira fez um levantamento de estudos científicos publicados em revistas de referência em Portugal e no Brasil sobre Programas de Educação para a Saúde no período 2000 -2013 e quais os temas ou domínios abordados nas pesquisas selecionadas. “Dentro desse contexto, a pesquisa pôde ressaltar a baixa quantidade de programas e projetos elencados no levantamento, pois ainda não atendem à demanda das principais causas de mortalidade nem morbidade, ficando por saber se existe a falta de programas ou se é baixa a produção científica que relate ou mesmo avalie esses programas, dificultando a socialização do conhecimento”, explica.

Experiência
Almira conta que a experiência do pós-doutorado fortaleceu sua identidade como educadora e pesquisadora e contribuiu para a tomada de decisões mais assertivas e potencialmente indutoras de sucesso. “Ter tido a possibilidade de me dedicar integralmente aos estudos e à pesquisa por um ano foi uma das experiências mais gratificantes, pois o foco fica mais direcionado e as ações mais precisas e enriquecedoras. Durante esse período pude conhecer diversas IES na Europa e perceber as diferentes formas de fazer ensino superior em suas várias atuações, inclusive a pesquisa. Envio meus agradecimentos, em especial, ao prof. Antonio Duarte Teodoro, meu orientador, e à profa. Sandra Queiroz, co-orientadora. Foi uma experiência singular”, resume.

Para o futuro, a pesquisadora pretende intensificar as pesquisas na área do ensino na saúde e dedicar-se ao mestrado em Ensino na Saúde e Tecnologia oferecido pela Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), IES à qual Almira é vinculada e cuja coordenação compete a ela. “Desejo produzir mais e melhor, além de juntar esforços para a estruturação de mais um mestrado na área de ensino.”

UNCISAL
Além da publicação do artigo em uma revista de alta relevância, o pós-doutorado de Almira rendeu outros frutos. A pesquisadora e docente da UNCISAL, e agora coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ensino na Saúde e Tecnologia da instituição, diz que a experiência no pós-doutorado foi fundamental para que a universidade tivesse aprovada sua primeira pós-graduação stricto sensu. “Desde 2005, quando ingressei na Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), apliquei meus conhecimentos e esforços em prol do fortalecimento da educação em saúde, estruturando o curso de especialização na área e a oferta da disciplina tanto obrigatória como eletiva. Depois disso, a UNCISAL já havia apresentado quatro APCNs e não havia aprovado nenhum. Quando da solicitação da bolsa à CAPES, minha proposta contemplava, então, a estruturação de um mestrado na instituição. Minha experiência no pós-doutorado, por meio da participação em bancas de defesa de doutorado, de mesas de discussão, grupos de pesquisa, congressos, seminários, conferências, comissão organizadora de encontro científico e visitas técnicas a centros de pesquisa, além do dia-a-dia na universidade e a exposição a uma cultura diferente, foram determinantes para uma visão mais ampla e assertiva e serviram como combustível para impulsionar a minha determinação em congregar todos os elementos necessários para estruturar e apresentar à CAPES um APCN de qualidade, alcançando assim a meta, com êxito na aprovação do curso”, conta.

A aprovação do mestrado profissional em Ensino na Saúde e Tecnologia da UNCISAL foi publicada em 5 de janeiro deste ano, após a 169ª Reunião do Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES).


Fonte: http://www.capes.gov.br/component/content/article/36-salaimprensa/noticias/8317-bolsista-publica-artigo-em-revista-internacional-e-estrutura-primeiro-mestrado-de-instituicao

CONFIRAM OUTRAS NOTÍCIAS

XVII World Congress of Comparative Education Societies to be held in Cancun, Mexico in 2019

The Future of Education This century started with renewed goals for the millennium and statements about global citizenship and sustainability; but the...



> LEIA MAIS

Key Data on Teaching Languages at School in Europe – 2017 Edition

Date of publication: 18 May 2017 Full version EN Highlights EN FR Ebook EN (download e.Pub file 11MB) European Commission Press Release There are over...



> LEIA MAIS

2º CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE EDUCAÇÃO COMPARADA
7º ENCONTRO INTERNACIONAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO COMPARADA

ISBN: 978-85-7713-206-5 (EISBEC)
ISBN: 978-85-7713-207-2 (CIEC)



Todos os Direitos Reservados 2016
Desenvolvido por Visual Slim